7 dicas de organização financeira para o seu escritório contábil

A gestão financeira não permite erros e um bom contador sabe muito bem disso. Fazer um controle de caixa eficiente e ter um bom planejamento é fundamental. Um escritório de contabilidade que não planeja as atividades pode acabar com as finanças bagunçadas.

Controlar as movimentações e tomar decisões assertivas levando em consideração os dados sobre suas finanças é essencial. Por isso, nada de se dedicar demais ao cliente e acabar esquecendo-se de cuidar do seu negócio! Para ajudar nessa missão, separamos sete dicas preciosas que podem fazer diferença na hora de organizar e gerenciar as finanças do seu escritório:

1. Separe um tempo para o controle financeiro

Contabilize tudo o que evolve o dinheiro da empresa e não deixe que suas finanças fujam do controle. Se você não separa um momento do dia para fazer isso, a correria diária vai acabar virando desculpa. Se não der para fazer todo dia, faça no final da semana, mas não deixe de ter uma rotina de organização financeira. Emita e analise os relatórios de fluxo de caixa, de custos e de recebimentos.

2. Despesas pessoais não são despesas da empresa

Contas da empresa e contas pessoais não se misturam. Se você tira do bolso o dinheiro para pagar almoços de negócios, compras de materiais e viagens a trabalho ou até mesmo o combustível gasto para visitar um cliente, por exemplo, vai acabar complicando o gerenciamento financeiro e estimando mal seu custo. Registre todas as despesas e mantenha tudo separado para evitar problemas.

3. Use um software

Ficar dependendo de planilhas do Excel tomará demais o seu tempo e será muito menos eficiente do que aderir a um software financeiro. Esses programas têm funções específicas para atender as suas necessidades e facilitar a administração. Além disso, o sistema para registros e documentação das finanças é padronizado, o que ajuda a tornar o trabalho contínuo e acaba otimizando o processo.

4. Atenção ao fluxo de caixa

O relatório gerencial que informa as movimentações financeiras deve ter todas as entradas e saídas detalhadas. Além de ficar de olho no fluxo de caixa, ter um plano financeiro de longo prazo é fundamental. O fluxo de caixa ajuda a descobrir as sazonalidades em que você tem mais despesas ou uma receita maior e ajuda a fazer esse planejamento. Procure prever suas contas antecipadamente: o pagamento dos funcionários, as compras de materiais e demais fatores. Assim você pode planejar com mais calma o melhor caminho a tomar caso tenha que solucionar algum problema financeiro.

5. Capacite-se

Procure aprender mais para melhorar sua maneira de administrar. Pode ser por meio de um curso ou algum material online, o importante é buscar conhecimento. Não pense que por ser contador você já sabe tudo o que precisa sobre organização de finanças – novas ferramentas para facilitar a gestão surgem diariamente e é bom conhecê-las.

6. Controle as retiradas

Pode ser que você dê esse conselho a seus clientes, embora não o siga. Estabeleça um pró-labore para os sócios e evite que o caixa da empresa fique comprometido. Seja realista na hora de definir os valores e leve em consideração as tarefas executadas por cada um.

7. Tenha um fundo de caixa

Essa provisão para situações emergenciais é importante para que você possa lidar com imprevistos. Você pode aplicar o dinheiro num investimento seguro, desde que ele tenha baixa liquidez.

Agora é hora de pôr as dicas em prática! Aproveite para organizar melhor as finanças de seu escritório. Precisa de ajuda? A Debit tem o sistema ideal para o seu negócio, confira agora!

2 Comments

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *