IPCA-E – Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - Especial

Confira a variação do IPCA-E dos últimos 12 meses:

DataVariaçãoVariação no PeríodoAcumulado 12 meses
05/20230.51%0.51%4.07%
06/20230.04%0.55%3.40%
07/2023-0.07%0.48%3.19%
08/20230.28%0.76%4.24%
09/20230.35%1.11%5.00%
10/20230.21%1.33%5.05%
11/20230.33%1.66%4.84%
12/20230.4%2.07%4.72%
01/20240.31%2.38%4.47%
02/20240.78%3.18%4.49%
03/20240.36%3.55%4.14%
04/20240.21%3.77%3.77%
Ver PDF deste índice

Confira a variação do IPCA-E desde 1992 até 2024:

AnoJanFevMarAbrMaiJunJulAgoSetOutNovDez
1992-26,1022,0319,8323,4523,2721,0123,1423,3325,4823,7023,49
199329,4726,7225,9627,3428,6127,6130,6731,9934,3835,1733,9036,69
199439,1739,7043,6341,2544,2144,655,215,001,631,902,952,25
19951,781,221,281,952,772,252,591,490,971,341,461,36
19961,631,200,620,701,321,111,370,700,110,140,410,20
19971,130,710,590,680,500,550,310,17-0,050,250,070,49
  Ver PDF deste índice

O que é IPCA-E?

O IPCA-E, sigla para Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - Especial, é o índice de inflação oficial do Brasil. Ele mede a variação de preços de um conjunto de bens e serviços consumidos por famílias com renda mensal entre 1 e 40 salários mínimos. A variação do IPCA-E reflete a mudança no custo de vida médio dessas famílias.

Para que serve o IPCA-E?

O IPCA-E é utilizado para avaliar a perda do poder de compra da moeda brasileira ao longo do tempo. O Governo Federal utiliza o IPCA-E como índice oficial de inflação e como referência para ajustar a taxa de juros. Além disso, o IPCA-E é amplamente utilizado por empresas e outras instituições como uma medida do custo de vida e da variação de preços no mercado.

Qual o valor do IPCA-E acumulado em 2024?

O IPCA-E de Abril/2024 é 0,21% e o acumulado dos últimos 12 meses é 3,77%

Calcular correção monetária pelo IPCA-E (IBGE)

Calculadora grátis de correção monetária utilizando o IPCA-E. Crie seu cálculo! Crie aqui seu cálculo!

FAQ / Perguntas Frequentes sobre IPCA-E

A seguir, respondemos às principais dúvidas e explicamos como o IPCA-E pode influenciar na economia e em suas finanças

Como o IPCA-E é calculado?

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) realiza um estudo mensal sobre os padrões de consumo de famílias com renda mensal de até 40 salários mínimos. A pesquisa inclui 13 regiões urbanas do Brasil e leva em consideração cerca de 430 mil preços em 30 mil locais

O estudo é realizado ao longo do mês, do dia 1 ao dia 30, e compara os resultados com o mês anterior para refletir a variação geral de preços ao consumidor no período de referência.

Você pode usar o aplicativo Debit Atualiza para fazer um cálculo de correção monetária usando o IPCA-E como indexador. Para isso, é só informar os valores que deseja corrigir e aplicar o índice ao seu cálculo. O Debit Atualiza permite que você faça a correção monetária de forma rápida e precisa, usando o IPCA-E como referência.

IPCA-E: cesta de produtos e serviços avaliados

Para calcular o IPCA-E, o IBGE coleta informações sobre os preços de um conjunto de produtos e serviços, agrupados em categorias como

  • Alimentação e bebidas
  • Habitação
  • Artigos de residência
  • Vestuário
  • Transportes
  • Saúde e cuidados pessoais
  • Despesas pessoais
  • Educação
  • Comunicação

Quando o IPCA-E é divulgado?

Desde 1994, o IPCA-E deve ser publicado trimestralmente pelo IBGE. O resultado do IPCA-E é divulgado conforme calendário previamente estabelecido e correspondente ao período trimestral durante o ano.

Qual a diferença entre o IPCA-E, o IPCA e o IPCA-15?

O IPCA-E e o IPCA-15 são índices derivados do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo). O IPCA é um índice central, enquanto o IPCA-E e o IPCA-15 agem como variações do índice central.

Embora o IPCA-E seja calculado com base na mesma metodologia do IPCA e do IPCA-15, existe uma diferença crucial entre ele e os demais índices, que é justamente o período de apuração do IPCA-E, calculado a partir da soma acumulada do IPCA-15 ao longo de cada trimestre.

Ambos os índices fornecem informações sobre as mudanças nos preços dos produtos e nos ajudam a entender como a inflação afeta o orçamento do consumidor.

IPCA-E e a taxa Selic

A Selic (taxa básica de juros) é utilizada pelo Banco Central do Brasil (BC) para controlar a inflação e remunerar os investimentos. Já que o IPCA-E é um índice de inflação que mede a variação de preços de um conjunto de bens e serviços consumidos por domicílios brasileiros, a variação do IPCA-E é usada pelo BC como ferramenta para determinar se a Selic deve ser aumentada, diminuída ou mantida estável.

Isso significa que o IPCA-E é um importante indicador que ajuda o BC a tomar decisões sobre a política monetária e a taxa de juros do país.

Alguma dúvida sobre como utilizar o IPCA-E em seus cálculos?

Fale com o nosso time especialista e receba ajuda com a ferramenta de cálculos mais completa do mercado

IPCA-E e investimentos atrelados à inflação

A rentabilidade real de um investimento atrelado ao IPCA-E é calculada com base na variação trimestral do índice. Os investidores buscam esse tipo de investimento para proteger o valor do dinheiro contra a inflação e procuram rentabilidades que sejam iguais ou superiores ao IPCA-E.

Alguns exemplos de investimentos atrelados ao IPCA-E incluem títulos públicos, fundos de renda fixa e Certificados de Depósito Bancário (CDBs).

Qual é a importância do IPCA-E?

O IPCA-E, junto ao IPCA e o IPCA-15 são considerados as principais medidas de inflação no Brasil. Além disso, o IPCA-E é utilizado como base para o cálculo de reajustes salariais, ajustes de contratos e para a definição da política monetária e taxas de juros do país.

Acompanhar a variação do IPCA-E é importante para os consumidores, porque ele é um importante indicador que ajuda a entender como a inflação afeta o poder de compra, o consumo e os investimentos.

Crie um cálculo completo utilizando o IPCA-E (IBGE) e mais recursos!

Com o Debit Atualiza, mais recursos estão disponíveis para realizar um cálculo utilizando o IPCA-E (IBGE). É possível incluir outras demandas em um único cálculo, com relatório completo para baixar ao final

  • Juros simples
  • Juros moratórios
  • Juros compensatórios
  • Juros compostos ou capitalizados
  • Poupança como juros
  • Selic como juros
  • Multas
  • Honorários
  • Custas processuais
  • Mais de 70 índices disponíveis
  • Tabelas personalizadas
  • Memória de cálculo completa
  • Cálculos desde 1964
Saiba mais